16.4.13

11/90 12/90 13/90 14/90 15/90 Caos na meu fim de semana



Bom dia!!! Gente esse fim de semana foi meio turbulento na minha casa, minha filha ficou doente muita chuva e frio. Bom desde de sexta feira minha filhinha está com estomatite e ninguem dorme em casa, pois ela chora muito de dor e graças a Deus ela dormiu essa noite bem e eu e meu marido tbm.
Ontem levei ela no médico pra ele passar alguma coisa na boquinha dela e passou uma pomada que melhorou bem a dor na hora de dormir.
Agora falando da minha alimentação desses últimos dias:
11/90 
CM: 2 fatia de pão integral com queijo + 1 xícara de café
LM: 1 Laranja
ALM: Salada de rucla com manga +3 col de feijão 1 col de aroz +1 filé de frango +1 laranja
LT: 1 activia
LN: 1pão com margarina + 1 xíc de café
LN: 1 fatia de bolo de banana(pequeno)

12/90
CM: 6 bolachas de maizen de chocolate+ 1 xícara de café
LM: 1/2 Pão francês  + 1 xícara de café
ALM: 2 col de grão de bico+ 1 col de feijão+ 2 col de arroz+ 1 filé de frango+ 1 fatia de mamão
LT: 1 Laranja
LN: 2 rap 10 integral com peito de peru e queijo + 1 ades
LN2: 1 col de viradinho de banana
AF: 30 min de caminhada + 15 de academia ao ar livre

13/90

CM: 3 torradas integral com margarina light+ 1 xíc de café
ALM: 4 bolinho de chuchu integral + 2 col de feijão + Salada de chuchu + 2 col de arroz + 2  col de carne cozida+1 laranja
LT: 1 fatia de bolo
LN: 1 fatia fina de pizza e 1 xícara de refrigerante( foi até engraçado meu marido que colocou pra mim numa xicarazinha de café bem pequena)



Gente fica uma delicia

14/90 
CM: 3 torradas com margarina e 1 xic de café
ALM: 2 col de arroz+ 1/2 concha de feijão 2 col de carne de panela com cenoura e uma ped de batata cozida+ Salada de repolho com tomate + 1 banana
LT: 1 abacate médio
LN: 6 mini pães de queijo com requeijo+ 1 copo de suco ades

15/90
(Segunda- feira horrivel nada certo tudo errado )
Almoço: 3 col de arroz +1/2 concha de feijão + 5 fatia de linguiça calabresa+ 3 col de chuchu cozido
Lanche da tarde: 2 pães francês com queijo+ 1 xíc de café+ 1 fatia de bolo
Lanche da Noite: 1 Hambúrguer a pizzaiolo  + 1 copo de coca cola zero

Bom essa segunda foi um terror mesmo mais a partir de hoje voltei tudo certo e meu peso mantive apesar de exagerar em algumas coisas no fim de semana. Está variando entre 118 e 118,300.Mais essa vai ser diferente. E vou perder essas gramas perseguidoras e vou morar na casinha dos 117

Por que sentimos mais fome no inverno?



Fondue de queijo. Foto: Bia Parreiras
Muitas pessoas creem que, no inverno, comemos mais porque precisamos repor a energia gasta para manter estável a temperatura interna do corpo. "Em parte, isso é verdade", confirma Monica Inez Elias Jorge, nutricionista do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da USP. Porém, a especialista esclarece que o inverno brasileiro não é tão rigoroso a ponto de exigir grandes esforços de nosso organismo para manter o equilíbrio térmico. Então por que, mesmo assim, sentimos vontade de comer mais durante essa época do ano? "Nosso país não tem longos meses de frio, mas temos, sim, alguns dias de queda mais elevada nas temperaturas. E, de fato, nesses dias as pessoas sentem vontade de comer mais", afirma. Para ela, a principal razão está relacionada à sensação de bem estar que a comida gera em nosso corpo. "Quando comemos, produzimos calor para a transformação e a digestão dos alimentos, o que nos dá uma sensação de conforto térmico". Mas isso não tem a ver com a necessidade de reposição de energia. A nutricionista explica que não basta nos aquecermos somente de fora pra dentro. Por mais que nos agasalhemos bem, sentimos necessidade de gerar calor de dentro para fora. E acabamos buscando isso nos alimentos. "Muitas vezes nem estamos com fome, mas procuramos ingerir bebidas e alimentos quentes para nos sentirmos aquecidos", acrescenta.
Outra tendência que temos no inverno é a de comer alimentos mais calóricos e ricos em gordura. "Provavelmente isso está ligado a questões culturais, pois em outras épocas a estação do frio estava relacionada à escassez de alimentos. Não era possível armazenar verduras e frutas, então a ideia era utilizar os alimentos disponíveis. E o que as culturas antigas conseguiam fazer era matar animais e conservar sua carne em sal, guardando-a para o inverno. Isso foi ficando como herança cultural, passando de geração para geração", explica Monica. Além disso, no frio, acabamos dando preferência às preparações culinárias quentes, que, em geral, são à base de alimentos mais ricos em gordura. "Quase sempre optamos por sopas mais elaboradas e calóricas, fondues ou carnes com molhos quentes, deixando de lado as saladas e as frutas". No entanto, se isso passar a ser um hábito, pode ameaçar seriamente a saúde do nosso corpo. "O exagero na ingestão de alimentos ricos em gordura pode provocar aumento no nível de colesterol, e pratos mais salgados ou mais temperados podem levar a uma elevação na pressão arterial", alerta a nutricionista. 


Para evitar o desequilíbrio na alimentação, Monica dá algumas dicas para que continuemos ingerindo frutas e verduras durante o inverno. "Podemos preparar caldos com verduras, assar frutas com pouca água - sem jogá-la fora na hora de consumir, senão os nutrientes vão embora - e jogar canela por cima ou ainda fazer saladas com legumes quentes".

5 comentários:

Márcia disse...

Espero q sua filha fiquem bem logo! Adorei o texto sobre o inverno aqui é beeem frio e já tenho q me precaver para fugir das ciladas super calóricas. Bjks

Simples Assim disse...

Que dózinha da sua filha ... que melhore viu! Sei como é criança doente, a gente fica doida enquanto não sara!

Ó ... acho que isso de fome aumentar no inverno é mais uma desculpinha que a gente precisa fugir!
Só acho.


Bjs

Marina Hudson disse...

Tadinha da sua neném, espero que melhore logo, não ha nada pior do que ver uma criança com dor =(

Beijos

Lilika Campos disse...

melhoras pra filhota Erikinha...

eu tb me sinto mais faminta de noite, mas to tentando disfarças com chás e legumes rs!!

vamo que vamo!!

bjinhos

http://umanovaformanova.blogspot.com.br/

Fran disse...

Oi Flor, melhoras com a filhota e foco na alimentação.
:)